Historial

Data de 1952 a fundação do Grupo Coral de Azurém, que à música especialmente à música Coral, sempre dedicou particular carinho, quer no sacro, quer no profano.

Muito deve o Grupo Coral de Azurém ao seu fundador, Rev. Padre José Fernandes Ribeiro, ilustre Pároco da Freguesia que lhe deu nome, desde 01/07/1945 até 06/04/1980.

Foi ele que em 1952 aliou o seu gosto pela música à sensibilidade enorme que tinha pelas crianças que decidiu reunir um grupo de meninos e meninas que frequentavam a catequese na Igreja de Sto. António dos Capuchos ou Igreja do Hospital como também era conhecida e, num movimento dinâmico, empenhado e sério pela música estruturou o que viria a ser o Grupo Coral de Azurém. Não foi pois de homens e mulheres adultos, mas sim de crianças que brotou o primeiro sopro de vida do que viria a ser o Grupo Coral.

Contando com a ajuda do muito saudoso Dr. Francisco do Nascimento Coutinho Brandão, seu Director Artístico desde a primeira hora, acompanharam o crescimento destas crianças que se tornaram adolescentes cantores de enorme tarimba e fizeram da sua juventude um verdadeiro acumular de êxitos em todas os locais aonde foram chamados a actuar.

Contudo, é com a chegada do saudoso Cónego Dr. Manuel Faria, que o Grupo Coral de Azurém viria a atingir projecção impar a nível nacional e internacional. Faleceu em 1983 depois de dedicar em corpo e alma os 20 últimos anos da sua vida a este Grupo Coral.

Foi seu sobrinho e afilhado, Dr. Boaventura Faria, a suceder-lhe na Direcção Artística do Grupo Coral de Azurém e a manter viva a chama que ilumina todos quantos continuaram a querer levar longe a história deste Coral. A sua permanência à frente da Direcção Artistica estendeu-se até Junho de 2007, altura em que por afazeres profissionais foi forçado a abdicar.

Em Setembro de 2007 a Direcção Artística foi entregue à Dra. Isabel Trindade que com a sua simpatia e enorme competência desde logo conquistou o coração de todos os coralistas. Contudo, sendo médica de profissão, desde logo foi dificil conciliar por falta de tempo, os deveres profissionais com a sua permanência à frente do Coral até que se tornou inevitável a sua saída com muita pena dela e nossa, ficando a partir de Julho de 2010 entregue ao Professor Hermano Filipe a Direcção Artistica do Grupo Coral. Professor de Educação Musical na Academia Valentim Moreira de Sá, apresentou-se como uma mais valia para o nosso Coral, mas foi demasiado curta a sua estadia entre nós, devido à sobrecarga de horários e desempenho de funções que evidenciaram a sua impossibilidade de prolongar por mais tempo a continuidade à frente da Direcção Coral. Com muita pena nossa demos por encerrado em Abril de 2012 mais um capitulo da nossa história.

Neste momento cabe ao Professor Adriano Gonçalves a condução dos nossos destinos e para ele auguramos os maiores êxitos à frente desta Instituição que vive o ano de comemoração dos seus 60 anos.

Não sendo possível fazer-se aqui, (por demasiado longa) uma resenha das suas digressões pelo país, referimos todavia algumas das suas mais sugestivas actuações:

  • Sagração de sua Eminência o Cardeal Patriarca de Lisboa, D. António Ribeiro, como Bispo Auxiliar de Braga; Inauguração do Centro Apostólico do Sameiro; Celebração dos 900 anos da Sé de Braga; Concertos no Auditório Carlos Alberto do Porto; na Fundação Cupertino de Miranda em Famalicão; no Museu Machado de Castro em Coimbra; Hotel Meridien, Porto; Caves Sandeman, Vila Nova de Gaia; em Lagos; Portimão; Póvoa de Varzim; Viana do Castelo; Covilhã; Lamego; Barcelos; Vila Praia de Ancora; Valadares; Viseu; Ponte do Lima e, em muitas outras Cidades e Vilas do nosso Pais;
  • A nível Internacional, destaque para os concertos efectuados nas cidades espanholas de Orense, Celanova, Salamanca, Cariño e Santiago de Compostela. Representou o nosso País nas Festas Corais de Brive em França;
  • Esteve presente em quase todos os Encontros de Coros do Norte de Portugal;
  • Várias actuações para a Rádio Renascença com missas transmitidas para os emigrantes Portugueses espalhados pelo mundo. Gravações para a RTP. Gravações de cassetes e vídeos;
  • Participação no Solene Te Deum, nas comemorações do Dia de Portugal na Sé de Braga, transmitido directamente pela RTP. Concerto acompanhado pele Orquestra de Câmara Konsonantia inserido nas celebrações da Semana Santa;
  • Participou também na cerimónia de entrega da Rosa de Ouro por Sua Santidade Papa João Paulo II, à Senhora do Sameiro, cerimónias estas igualmente transmitidas directamente para todo o mundo católico, pela TVI;
  • Na última edição de “Os Dez Mais” organizada pela Rádio Fundação, foi-lhe atribuído o 1º. Prémio na área da cultura, pelo seu contributo na divulgação da música Coral tanto no Concelho de Guimarães com no resto do País;
  • Organizou na cidade de Guimarães o 2º. Encontro de Coros do Minho, com a participação de 19 Coros, e em todos tem participado, assim como no IX Encontro de Coros de Viseu, XII Festival de Coros do Algarve e IX Festival Internacional de Coros de Faro;
  • Vários concertos de Natal e Semana Santa que o Coral de Azurém tem oferecido à população Vimaranense com o apoio do pelouro da cultura da Câmara Municipal de Guimarães, alguns deles com a Orquestra do Norte e Academia de Música Valentim Moreira de Sá.

No ano de 2002, ano em que o Grupo Coral de Azurém completou meio século de existência, na sessão solene comemorativa do Dia Um de Portugal, recebeu da Câmara Municipal de Guimarães a medalha de mérito cultural em ouro.